quinta-feira, 30 de julho de 2015

TRANSIÇÃO PLANETÁRIA - As Oportunidades e padrões de Energia-Cuidados físicos,emocionais,nutrição e mudanças


 



Com tanto AGORA presente no planeta, para alguns, pode parecer como se estivessem de joelhos em um drama infernal , interminável, enquanto que para outros, a vida se tornou mágica, ainda que sofrendo pressões físicas de cima.Experimente fazer-se essas perguntas e á quantas voces conseguem , como em um teste, marcar V ou F-(verdadeiro ou falso);

1-Para onde foram todos? Estou sózinha/o aqui. Todos se dispersaram.
2-Meu corpo não pode suportar mais nada. Esta pressão é horrível. Com certeza, estarei morta/o antes que isto acabe.
3-Não posso mais fazer este trabalho. Ninguém se importa, assim, por que eu o estou fazendo? E estou absolutamente sem apoio.
4-Onde estou? Há algo mágico acontecendo. Isto é surpreendente.
5-Eu continuo colidindo com a energia de todos. Estou emotiva/o e oprimida/o com tudo isto. Não consigo respirar.
6-Meu problema de saúde desapareceu completamente? Não posso acreditar.
7- O demônio deve estar presente. Eu nunca senti tanta energia escura e repulsiva ao meu redor, durante toda a minha vida. Sinto-me como se estivesse no inferno, e sózinha/o aqui.
8-Não posso nem mesmo andar agora. Mal consigo me mover. E a respiração? Esqueci-me dela. Estou curvo como um velho/a e as minhas costas estão me matando.
9-Estive experienciando tudo o que eu queria. Isto é surpreendente.
10-O que vem a seguir? Estou muito velha/o para isto, minha vida foi seqüestrada durante anos, e eu já terei ido há muito tempo, antes de tudo isto terminar. Minha vida foi roubada. E para que? Quando isto irá terminar?
A METÁFORA DO DEGRAU-Analisando os acontecimentos
Desde as primeiras  ondas que vem sendo ancoradas na nova grade planetária, a magia da manifestação e as energias milagrosas começaram a realmente tomar posse do planeta. Estamos construindo outro AGORA e, desta maneira, os degraus da hierarquia da Nova Realidade estão começando a se encaixar. Isto impulsiona tudo acima dele, criando mais pressão, pois seja o que for que esteja acima, um degrau recém-fundado se move então, para mais perto da Fonte, ou seja, o teto de nossa realidade , que está se mostrando muito nova. Há, então, muito menos espaço e tudo se torna ainda mais espremido/comprimido do que antes. Os degraus recém-estabelecidos desde a convergência harmônica, começam a experienciar as energias de uma nova realidade. Nos degraus inferiores, as manifestações de tudo o que já desejamos se tornam muito predominantes. Seja quem for e o que for que esteja residindo nos degraus superiores, experienciam especialmente esta pressão a cada adição de um novo degrau;E a cada pressão adicionada que é criada da pressão que está agora ocorrendo de baixo, assim como de cima, seja o que for que permaneça do velho, é naturalmente expulso também. Mas, ao mesmo tempo, ninguém está completamente livre das energias de pressão e não estaremos livres até que todos os degraus estejam firmemente ancorados no lugar.
O que e quem se importa, neste ponto
Degraus mais novos e encaixados continuarão a sentir a pressão de cima (estas energias servem para manter tudo no lugar, sem que nada escorregue de volta, até que todos os degraus estejam estabelecidos), mas para aqueles que ainda não chegaram ao seu degrau (ou ao seu novo lar), eles sentirão a pressão de cima e de baixo. A “hierarquia dos degraus” em uma nova realidade, depende da correspondência vibracional. A energia existe dentro de uma ordem, e esta é exatamente a maneira que é. Energias de vibração mais elevada existem “acima” das energias de vibração inferior. Desta maneira, novas realidades não são exceção.Cada um de nós veio para esta experiência pré-planejada de onde estaríamos e onde iríamos residir, assim, desta maneira, não há julgamento em relação a isto, pois cada um de nós residirá no degrau que se ajustar às nossas circunstâncias pessoais e ao nosso plano.Agora, estamos criando esta nova estrutura. Assim, muita coisa está sendo sacudida,está dispersa desta maneira ou daquela, enquanto as coisas começam a se encaixar.  Assim, podemos sentir que todos os nossos amigos/família/amores/relacionamentos de trabalho, ou seja quem for com que nos importamos, súbitamente, não se encontram em lugar algum.E, além disto, não podemos levar muito conosco, pois chegamos a uma realidade muito nova e não estamos também ligados a muita coisa neste ponto. Precisamos estar livres e limpos. Embora possamos nos sentir muito solitários e não apoiados, nesta fase, tudo isto irá mudar muito rápidamente, à medida que continuarmos a progredir.Enquanto estivermos nas fases de ancoragem, não podemos, possívelmente, saber o que estaremos fazendo e com quem estaremos fazendo ou sendo. Não saberemos disto até que o pó assente, e até que estejamos ancorados mais plenamente em nossos novos degraus individuais.Agora, enquanto subimos ainda mais, alguns que estão ainda fazendo a transição ao longo da escada, empurram e afastam os remanescentes do velho;velhos padrões de pensamento, comportamentos, qualquer escuridão ou negatividade, e assim por diante.Quanto mais elevado escolhermos residir, mais precisará ser removido de dentro de nós e, quanto mais nos elevarmos durante o processo de reestruturação, mais precisará haver uma correspondência com isto. Assim, a cada adição de um novo degrau, pode parecer como se o próprio “mal” estivesse “emanando” á partir daqueles ao nosso redor, e, talvez, até a partir de nós mesmos também.Agora, estamos sendo solicitados á todo momento e a realmente estarmos seguros do que realmente queremos. Como queremos que seja a nossa vida.Às vezes, durante este processo, quando os nossos corpos estão aparentemente definhando e quando imaginamos como podemos até mesmo ter mais fôlego/ânimo, é importante que tenhamos pensamentos sobre o que queremos e não o que tememos, pois as atuaisenergias estão apoiando os nossos pensamentos, ainda que, aparentemente, em um segundo plano distante.Embora os degraus inferiores estejam sendo encaixados antes dos degraus superiores, podemos ainda sentir e experienciar um pouco desta energia mágica, seja onde for que estejamos residindo. Desta maneira, o que escolhermos focar, poderá fazer uma diferença.E se estivermos muito cansados e esgotados, desorientados, exaustos e vazios de quaisquer pensamentos, ou não possamos nem mesmo nos lembrar das palavras ou de seus significados, podemos simplesmente dizer: “Eu preciso levantar, eu preciso reagir, eu preciso evoluir”. Quando estamos mais lá do que aqui, ou seja, mais em transição e mais próximos da nova realidade, do que do velho mundo, tentar fazer o nosso trabalho anterior pode começar a se tornar uma façanha impossível. Podemos perceber que nos iluminamos e adquirimos mais energia, enquanto no espaço dos nossos novos empreendimentos (se soubermos quais eles são), e nos tornamos ativos, energizados, enquanto o velho se torna um recipiente vazio e extenuado.Isto é porque não mais estamos lá.Assim, embora possamos, finalmente, encontrarmo-nos em algum lugar novo e diferente (e para aqueles que estão mudando geográficamente, as coisas finalmente se organizam para uma mudança),  as energias mágicas estarão ainda presentes,e nós, os despertos e que já estamos fazendo as mudanças necessárias, continuaremos ainda a servir à humanidade, pois ajudaremos com a integração de Fonte com todas as coisas  presentes.
Estamos aparentemente longe uns dos outros
Todas essas novas situações, refletem a nova unidade que encontraremos quando alcançarmos o nosso próprio degrau na escada da nova realidade , especialmente em um momento em que estamos aparentemente tão distantes, ainda que isto seja simplesmente uma manifestação de nossa fase atual.Sabemos que a nossa consciência é Luz;  podemos imaginá-la como uma espécie de haste de Luz, que pode ser focalizada de várias maneiras para permitir que a Luz se irradie;Ela  é uma concentração de percepções, neutras em si mesmas, porque nelas não existe nenhum processo de pensamento, no sentido de julgar ou dar ordens. É um modo mais neutro e objetivo de ser. E nós somos essa consciência.Essaconsciência desceu para o corpo que nós temos agora, aquele no qual  vivemos neste momento.
UM EXERCÍCIO DE RELAXAMENTO PARA TREINARMOS A PRESENÇA DA CONSCIÊNCIA
Façamos então um exercício com ela; Imaginemos que estamos preenchendo nosso corpo com nossa consciência, começando pelos nossos pés. Deixemos nossa atenção fluir através deles, sem nenhuma expectativa ou motivo; Vamos tentar sentir a Luz fluindo pelas solas dos nossos pés, pelos dedos e calcanhares. Deixemos ela subir um pouco, enquanto focalizamos nossa atenção nos tornozelos, panturrilhas e joelhos, continuando a subir para as coxas, quadris e pélvis. Permitamos, então, que nossa Luz flua pela área do nosso abdômen. Façamos isso sem pressa, sem nos preocupar com o tempo; A Luz da nossa consciência vai fluir em suaves correntes, movendo-se em ondas . Vamos tentar sentir como se nossa mente começasse a descansar e nos dizer que somos apenas consciência.Se surgirem pensamentos, tomaremos conhecimento deles do mesmo modo que tomaríamos conhecimento de sons externos, mas somos a consciência que está atenta;vamos tentar sentir o espaço aberto que é a nossa consciência.Somos esse espaço, o espaço entre nossos pensamentos, entre as diversas sensações e estímulos na nossa cabeça e  corpo. Então podemos sentir  como essa consciência é livre! Ela observa todas essas sensações e interage alegremente com elas. Quando nossa Luz é bem descontraída e livre, quando ela se conecta francamente com o nosso corpo, a nossa parte terrena é alimentada. Esta é nossa Luz mais curadora, que nós sempre poderemos receber, a Luz da nossa própria alma e consciência. Esta Luz tem poder curativo, quando permitimos que ela flua para uma parte do nosso corpo onde  tenhamos armazenado tensão, aquela parte que  reconhecemos que é um ponto vulnerável do nosso corpo. Mais uma vez, sem julgamento e muito objetivamente, permitamos que a Luz flua até lá. É assim que o equilíbrio é restaurado.
A ACEITAÇÃO DE SI MESMO
A forma mais profunda de recebimento desta Luz da Consciência é a aceitação de nós mesmos como somos. Com a Luz que está em nós, olhemos para os nossos aspectos humanos, nossos sentimentos, nossas emoções, nossos medos ou nossa teimosia. Vamos envolver tudo isso com esta Luz suave e objetiva. Só assim, criamos o terreno fértil necessário para receber.O desejo mais profundo de um ser humano é ser abraçado, tratado com carinho, reconhecido, envolvido nos braços de uma pessoa incondicionalmente amorosa. Isto lhe dá segurança e tranquilidade. Nessa segurança, nesse repouso reparador, ele começa a irradiar sua Luz; ele é quem ele é naturalmente, como uma flor que surge do botão. Quando o terreno é fértil, o botão da flor nasce e começa a desabrochar naturalmente com seu brilho próprio.Nesta vida, deveríamos sentir esse amor incondicional por nós mesmos. Isto é um grande desafio, porque o ser humano tem uma tendência arraigada de procurar o amor fora de si mesmo. O medo e a incerteza levam-no a buscá-lo no exterior. Você tenta se alimentar de energias externas para se sentir satisfeito, abraçado e acolhido; não que isso não possa acontecer, deve acontecer e é saudável, quando é verdadeiro. Mas, também existe o outro lado. A instrução mais profunda e sagrada para nós é que nos aceitemos independentemente de influências externas, que abracemos á nós mesmos com essa Luz amorosa que somos. E isto inclui aquelas camadas mais profundas e escuras que nós preferiríamos esconder e não desejamos vivenciar. O elemento que nos permite amar, aceitar e abraçar a si mesmo já se encontra dentro de nós – é a Luz da qual falamos acima, a consciência que somos.  É uma Luz que não é deste mundo e não é limitada pelo tempo, pelo espaço e nem pela forma. É uma Luz eterna que é completa e exclusivamente nossa. E é desta forma que passaremos a encarar esta Luz , agora na Transição Planetária e mais além, na quinta dimensão.
A POLARIDADE TERRENA~Por Chirstine Day-
Iniciação de Luz dos Pleiadianos
Num certo sentido, a personalidade terrena é como um “navegador” que tem que lidar com muitas influências diferentes, e que deve integrar, de forma equilibrada, a inspiração do alto, da alma, com as forças emocionais do nosso interior. O corpo terreno tem que captar tudo isso, junto com as influências externas: pessoas, situações e desafios.O que pode nos influenciar neste corpo? Um é o medo, o outro é o controle, a vontade de manipular. Se observarmos agora o centro do nosso plexo solar, poderemos imaginar que ele é a sede do ego, a parte nossa que precisa mediar entre todas essas influências e fluxos e agir neste mundo de tempo, espaço e forma material. Não devemos ver o ego como algo ruim. Vejamos como uma necessidade. Ele é necessário neste mundo para equilibrar todos esses fluxos de energias diferentes, de modo que  possamos nos expressar aqui, neste ambiente terreno. Ele, quando sob controle e disciplinado, nos permite dar e receber.Em termos gerais, existem duas armadilhas para o ego, que está centrado no seu plexo solar. O ego pode se fazer pequeno demais ou pode se fazer grande demais. Quando se faz pequeno demais, ele se retira energéticamente para dentro do seu plexo solar e fica num estado tenso de medo, ansiedade e preocupação. Ele pensa constantemente que não consegue, que não é suficientemente bom, que precisa dos outros, e que é impotente.
OS TIPOS DE EGO E COMO CONTROLÁ-LOS
Olhe para dentro de si mesmo para ver se reconhece esse tipo de ego. Veja se entre as principais influências que você encontra na vida – o poder da alma, os apelos emocionais da sua criança interior, as pressões do mundo externo – geralmente você tem a sensação de que tudo é demais para você. Veja se o seu ego evoca o medo e quer se esconder, ou se você tem dificuldade de ocupar seu espaço pessoal, ou se procura desculpas ou meios de escapar dessa realidade. Estas são características de um ego pequeno demais que é governado pelo medo, ou, às vezes, pode até ser traumatizado.Mas existe também a possibilidade de um ego grande demais. Este também se faz sentir na área do plexo solar. Um ego muito grande parece um tanto inchado e forçado – ele quer demais. Um ego muito grande superestima sua capacidade de definir as coisas a seu próprio modo, de moldar e dirigir o mundo. Ele está constantemente pensando: “Preciso organizar isto, quero resolver, as coisas não vão funcionar sem mim.” Ele quer manter o controle e, deste modo, limita suas próprias possibilidades. Porque, quando o ego deseja exercer controle demais, ele fecha irrevogávelmente o fluxo de impulsos da alma. Quando você quer controlar demais as coisas, a partir de um ego inflado demais, é como se estivesse usando viseiras ou tivesse visão tubular. Inclusive, um ego grande geralmente tem pouca conexão com a criança interior. As emoções e os sinais emocionais que emergem dessa criança interior geralmente são ignorados ou vistos como incômodos demais. Olhe para dentro de si mesmo para ver se reconhece estas características. Veja se houve ocasiões em sua vida nas quais você se agarrou às metas do seu ego, com medo de abandoná-las.
Normalmente esses dois aspectos do ego são encontrados na maioria das pessoas. Pode acontecer que, para uns, haja mais ênfase nos aspectos do ego pequeno demais, enquanto, para outros, a ênfase esteja nas características do ego grande demais. Mas, seja qual for o seu caso, você acabará sendo cortado do seu coração, da sua alma e das suas emoções. O jeito de voltar ao seu centro, permitir a restauração do equilíbrio para a reabertura do canal com a alma e a criança interior, é olhar para si mesmo amorosamente e observar, de modo objetivo, o que você está fazendo. Está se alimentando com pensamentos depreciativos e opressivos? Você se diminui e depois cria uma história em torno da idéia de que as coisas não podem ser de outro jeito e que está tudo bem assim?Examine a história em detalhes. Observe-a cuidadosamente para ver como essa história é governada pelo medo, por um ego que não ousa ocupar um espaço pessoal, confiar em si mesmo e em sua própria força. Envolva esse ego com amor, compreensão e carinho.Se o seu ego tende demais para o outro extremo, se ele se recusa a soltar e insiste em decidir e dirigir tudo, então se conscientize desse padrão de crença, mas faça isto com uma visão compreensiva e gentil. Ria da confusão que você cria quando se prende teimosa e obstinadamente a uma visão tubular. Deixe-se surpreender agradávelmente com novas possibilidades. Lembre-se que muitas vezes é uma virtude não saber alguma coisa e estar aberto para o novo,porque isso é a chave para você ser capaz de receber o que a vida deseja lhe oferecer nesta nova fase de vida e energia que o planeta está vivenciando.
Você se desconecta do fluxo de recebimento ao se fazer pequeno demais ou grande demais. Ao enxergar essas tendências em si mesmo e rir delas, você volta ao seu centro naturalmente. Sinta isso por um instante. Imagine que atrás de você ou ao seu lado está a sua alma, e que à sua frente ou ao seu lado está a sua criança interior. Sinta o poder grande e sábio da sua alma, que conhece muito mais do que você pode conhecer com sua mente humana. Confie nela.Imagine que, no seu plexo solar, vive uma pequena figura, um homem ou uma mulher, uma figura que represente o seu ego, e olhe para ela muito objetivamente. Será que essa figura se põe à frente e tenta dirigir tudo? Ou será que ela recua porque tudo é demais, tudo é opressivo, tudo lhe faz sentir muito medo? Observe qual desses movimentos o seu ego é tentado a fazer… para frente ou para trás.Finalmente, imagine que seu ego é equilibrado e que essa figura no seu plexo solar está numa posição ereta. Ela está conectada com a sua alma, com o Céu acima e com a Terra abaixo. Sinta o quanto isto é sustentador e libertador para o seu ego, para a sua personalidade. Tudo se torna mais livre e mais fluido. É um fluxo suave de amor incondicional. Permita que esse fluxo aconteça, e permita que ele o eleve.Esse é o espírito de um ego mais equilibrado na Transição Planetária.
O TREINAMENTO COM O EU~ Por Joshua David Stone PhD
Apelamos a todos aqueles que estão lutando com o aumento na intensidade das energias para adentrar em seu interior e sentar-se calmamente com o Eu. Deixe de lado o julgamento. Não se preocupem sobre o quão longe você tem progredido ao longo de seu caminho e quão longe você tem que ir. Respire profundamente e concentre-se em seu centro cardíaco. Silenciosamente solicite a presença de seus guias e mentores para estar com você, enquanto você se senta aí. Apenas respire calmamente e sinta o calor começar a encher sua caixa torácica e se estender por todo o corpo. Permita que as energias suavizem toda a resistência e dor em seu corpo, liberando medos e preocupações enquanto a respiração deixa suas narinas. Traga para o seu corpo a energia prânica que o rodeia.Sevocê achar que você não pode relaxar interiormente, procure um local tranqüilo e protegido na natureza, sob uma grande árvore, em cima de um cume aberto, ou ao lado de um córrego ou lago, onde você possa ser um em silêncio. Uma vez que você deixa ir o cansaço do dia, você vai encontrar paz e uma sensação de bem-estar substituí-lo.Imagine essa paz e o amor do Eu, como uma bolha dourada e a estenda para fora em torno de seu corpo. Enquanto você respira lenta e profundamente, visualize a bolha expandindo mais e mais para fora e dentro do ambiente que o rodeia. Veja isso tocar as pessoas ao seu redor e com quem você trabalha. A maioria delas não estará ciente desse presente, mas suas almas irão reconhecê-lo com gratidão.Seu dom de calma, amor-próprio e cuidados, o seu desejo e se concentrar para que o bem-estar entre em sua vida, a sua intenção em trazer amor, paz e cura para o mundo, não sómente afetará a si mesmo e aqueles ao seu redor, mas também aqueles que não estãoatualmente encarnados.Muitas almas escolheram deixar o plano da terra nos últimos anos e muitas irão segui-las, todas por razões diferentes. A maioria dessas almas vai enfrentar a sua nova existência em uma esfera espiritual mais elevada, com alguma confusão quanto a estreiteza das suas vidas tridimensionais, que mal os tem preparado para passar por transições rápidas e que fluem para as energias dos mundos alternativos. O trabalho que todos os trabalhadores da luz fazem aqui ,vão ajudar essas almas a fazer o seu próprio trabalho para que elas vejam o que  fazemos aqui com grande interesse.Uma vez que nós nos abrimos para as novas energias e abraçamos os desafios como oportunidades, então elas vão ser capazes de suavizar nossas consciências e abraçaremos então as oportunidades que surgirem para nós em nossos novos ambientes.
OS DESAFIOS DA TRANSIÇÃO
Enquanto a vida física apresenta seus desafios, os desafios podem ser igualmente grandes quando se faz a transição. A cada um de nós tem sido dada a oportunidade de dar grandes passos adiante em nossa evolução, assim como aqui em GAIA. O caso é; Será que estamos aproveitando dos dons que estão sendo derramados sobre o planeta com a entrada dos raios solares e cósmicos que emanam do coração do Grande Sol Central?Cada alma tem seu próprio ritmo e freqüência de assinatura, que pode mudar ao longo de uma vida,mas,  alguns de nós aceitaram o desafio de abrir o próprio coração, abraçar o Eu e toda a criação na Unidade. Nós somos  um reflexo do Todo e então, somos um coração batendo, um fôlego desde toda a eternidade em um instante.Vejamos dentro do ar que respiramos, muitas cores dos raios que viajaram a partir do centro do Universo e mesmo agora nos brindam com a sua presença, com a potência de energias transmutantes. Veja a respiração como um arco-íris de criação, iluminando nossos corpos e avivando os nossos sentidos etéricos. Sintamos a sua presença entrar com a respiração e através do chacra da coroa, em espiral para baixo, através do corpo e trazendo faiscantes energias no próprio tecido de nossos quatro corpos inferiores.Vamos procurar sentir as energias do céu, trançando e interligando com as nossas células físicas em uma dança cósmica que espirala internamente, assim como a espiral grandiosa da galáxia se move lentamente e majestosamente através do material escuro do espaço. Como é acima, assim é abaixo; Nós somos um reflexo da totalidade do Tudo Que É. É o nosso direito de experimentar uma vida cheia de abundância e bem-estar.
Uma vez que você aceitar e reconhecer a sua própria auto-estima, este novo sentimento de aceitação flui para as vidas daqueles que estão perto. Ela flui para o tecido da teia que conecta o coletivo humano e atua dentro dos novos pensamentos e sentimentos vivenciados mesmo por aqueles que vivem do outro lado do planeta de vocês. Você é único e você é parte do Todo.Não fiquemos apreensivos, se a nossa mente lógica ainda não pode compreender esses conceitos, porque o lado esquerdo do cérebro foi projetado para permitir que  funcionemos em um ambiente restrito.Esse local tem agora se expandido com as novas energias da Transição Planetária, para incorporar até então mundos inéditos que sempre existiram lado a lado com nosso próprio mundo físico. Agora nós vamos começar a encontrar as portas entre os mundos sendo abertas para que nós possamos passar por elas. Permitamos que a nossa imagem do que constitui o “EU” expanda, enquanto mais e mais de suas “peças” do EU maior acomodam-se em nossos corpos etérico e físico. Nós estamos no processo de nos tornar mais do que o que nós temos aparentado, tanto para nós mesmos e aos outros.
Posts relacionados;o-mestre-interior
O RELACIONAMENTO COM AS PESSOAS NA TRANSIÇÃO PLANETÁRIA
Não seja colocado de lado pela resistência que você pode sentir em outros ao seu redor, conforme você expande seus horizontes de forma voluntária. Estes “outros” podem estar viajando a uma velocidade mais lenta do que você, no entanto, você vai descobrir a si mesmo servindo a função de guia para muitos, mesmo enquanto você se concentra em seu próprio processo aparentemente individual de ascensão. Você está conectado de muitas maneiras que sua mente racional não pode entender, mas essas coisas são conhecidas intuitivamente pelo seu coração. Confie nele e siga esse farol divino que emana de dentro, e vem daquela maior parte de si mesmo, a Presença EU SOU, a sua Divindade pessoal, que reside nos mundos superiores.A mudança ocorre de dentro e emana para fora. Olhe para trás em seu “passado” e, em seguida, você pode se surpreender ao ver o quanto você mudou em sua visão da vida. Os seus horizontes se expandiram? Você abraçou as mudanças que vieram? Você é capaz de fluir e adaptar-se as mudanças de circunstâncias? Você está disposto a ir adiante e para cima, uma vez que as energias transformam o seu mundo?Convoque as energias do seu Eu superior, de seus guias e mentores/mestres, para guiar e proteger você enquanto você vai adiante durante todo o dia. Saiba que enquanto você se torna mais do seu Eu Superior, aterra e enraíza essas energias em GAIA, bem como o seu corpo físico, se torna um pára-raios de transformação e transmutação para o seu mundo e tudo nele contido.
ATITUDES E PROCEDIMENTOS MENTAIS E EMOCIONAIS ADEQUADOS PARA AS ENERGIAS DA TRANSIÇÃO PLANETÁRIA
“Todos vocês são muito, muito mais do que aquilo que parecem na superfície. Permitam que a consciência se expanda para abranger a totalidade da Criação, nesses momentos que vocês gastam com o Eu, em silêncio. Sejam o centro calmo da tempestade. Sejam o fogo na lareira do coração. Visualizem a sua conexão e sintam que essa calma penetra os seus sentidos, aliviando os medos, liberando a tensão em seus corpos. Enquanto vocês são capazes de relaxar, vocês vão se encontrar sabendo o que vocês precisam fazer a seguir, passo a passo enquanto vocês continuam ao longo de sua jornada.Vocês são a luz do mundo;.Procurem interiormente amar seus Eus, assim como vocês estão hoje e vão adiante com admiração e prazer em seus corações, enquanto cada vez mais é revelado e está alimentando a sua alma e crescimento. Vocês estão agora embarcados no Caminho de Retorno. Algum dia vocês serão capazes de compreender o significado desta passagem que vocês estão experimentando agora, a transição de um patamar de energias para outro, mas agora não é nada que sua mente será capaz de compreender, de modo que se permitam deixar ir as preocupação e apenas fluam com o processo.Individualmente, cada um de nós vai descobrir que é a jornada que é importante, não o destino. O rio não se preocupa com a forma como ele vai chegar ao mar, ele só se permite fluir, molécula por molécula fluindo, sobre as pedras, areia e lama, até que se misture com as águas do grande oceano. Você é a molécula, o fluxo e o oceano. Você vai começar a conhecer essa totalidade uma vez que você vai adiante, mas agora esteja satisfeito para experimentar cada momento como se fosse uma eternidade.Ame-se como você é agora, como você será e como você tem sido. Tudo existe dentro da plenitude da criação”.
O MOMENTO QUE ESTAMOS VIVENDO; A ASCENÇÃO CÓSMICA E O TRABALHO COM O JULGAMENTO
Quando nós nos devotamos à nossa ascensão pessoal, esse é um convite para que a Fonte se aproxime de nós para apoiar a transformação milagrosa e magnífica que está ocorrendo em nosso ser.A ascensão acontece predominantemente em nosso interior e não no exterior, assim, temos de trabalhar com as energias sutis da nossa alma para produzir uma expressão mais ampla do Plenum  Cósmico/Deus/ Criador e das experiências de formas criativas e belas. Falamos então, em apagar e dissipar o hábito e a prática de fazer julgamentos negativos a fim de criar paz em nosso ser, mas também trazer paz ao mundo.O amor só terá realmente espaço para crescer em nós e no mundo, quando o julgamento for erradicado, porque o julgamento nos estimula a acreditar em um mundo onde falta amor.Quando o julgamento é totalmente removido, surge a sensação de que o amor sempre esteve presente em nosso ser e no mundo, que nós acabamos optando por não ver, perceber e reconhecer sua presença tremendamente poderosa.Com a perda do poder do julgamento, a intuição divina e sagrada surge no espaço que se criou, pronta para orientar e ajudar em nossa realidade sagrada.
A IMPORTÂNCIA DO AMOR E A RELAÇÃO COM A INTUIÇÃO
Esse é um passo muito importante de se manifestar a Era do Amor na Terra: um mundo novo e saudável, criado a partir das mudanças de perspectivas que produzem harmonia e regozijo para todos.O despertar da intuição em cada ser é um momento de grande comemoração, porque, para os planos superiores, isso simboliza passar para um espaço de responsabilidade sagrada, para a nossa própria realidade, criações e processo de crescimento espiritual. Para os que já estão em conexão com a intuição, chegou a hora de incrementar a conscientização dela, estimulando essa presença radiante de sabedoria para incorporar em todo o ser de modo mais pleno.O processo de construir o seu relacionamento com a sua intuição é uma jornada contínua, quanto mais confiança nós depositamos na intuição, mais fecundas, abundantes e prazerosa serão as nossas manifestações e experiências.É importante permitir que a intuição cresça, porque, quanto mais forte nós a experimentarmos, ela ainda pode se desenvolver mil vezes mais. Podemos imaginar a nossa intuição em alinhamento com o crescimento de uma criança.Quando nós começamos a  nos conectar com a intuição, nossa voz, influência e inspiração são sutis, delicadas, suaves, talvez até mesmo irreconhecíveis, quase como um bebê, pelo fato de que nós não podemos realmente reconhecer o caráter da nossa intuição ou do que ela seja capaz.Com confiança, fé, crença e foco, gentilmente alimentando e conhecendo nossa intuição, ela cresce como se fosse uma criança, em que nós reconhecemos a presença e a orientação da nossa intuição, mas, nessa etapa e ao mesmo tempo, como uma criança em que haja muito crescimento e muitas jornadas de experiência a seguir.Nós ainda estamos descobrindo os nossos pés e aprendendo a explorar, confiar e nos comunicar com a nossa intuição, do mesmo modo que uma criança aprende a interagir com o mundo.Aos poucos, a nossa intuição evolui em um expressivo adolescente e adulto que se sentem integrados mais plenamente em seu ser, com vocês e com a sua intuição trabalhando em unicidade e sem esforço.A intuição se torna quem nós somos, de modo que não haja mais separação, e nós sejamos mais prontamente capazes de aceitar a plena expansão dessa intuição, como um aspecto sagrado e uma orientação do Plenum Cósmico/Deus/ Criador.
Isso indica uma relação que se formou por meio da aceitação gradativa do poder, do conhecimento e da sabedoria sagrada da nossa intuição. Toda pessoa está passando por esse processo de incorporação de sua intuição, quer a sua intuição seja apenas emergente ou em amadurecimento,  e é uma fonte de todo conhecimento e sabedoria, em que nós podemos depositar nossa total confiança.A intuição é uma expressão da nossa alma e do Criador. É uma manifestação do nosso Eu divino conectado a Tudo Que È o Criador/Fonte e a todas as qualidades mágicas e sagradas desse Criador/Fonte. Trata-se de uma luz-guia que nos direciona pessoalmente ao longo do caminho que nos seja mais adequado para que atinjamos o nosso maior potencial.Tão extraordinária é essa orientação que, às vezes, pode não parecer adequada ou ambiciosa demais, mas a nossa intuição conhece as oportunidades disponíveis e é de fato o Criador/Fonte falando conosco, a todo momento do nosso dia.A intuição já nos orienta e faz isso desde o nosso nascimento. O que acontece, porém, é que a mente pode ofuscar a intuição com a sua voz mais alta, impactando o nosso ser.A intuição pode fluir por meio dos nossos sentimentos e emoções para entrar em contato conosco e também imprimir a sua energia através da nossa mente. Se a mente estiver preocupada, por exemplo, com o julgamento, então, a sutileza da nossa intuição pode se perder.É por isso que a dissolução do julgamento é essencial para destravar realmente a intuição e o espaço interior do amor, porque nos estimula a examinar os hábitos da nossa mente, criando espaços de paz e de maiortranquilidade.Pode parecer inconcebível, mas é possível, pensar que nem sempre é necessário que a plena intuição esteja presente, à medida que vai nos inspirando com idéias em que nós confiaremos e colocaremos em prática com facilidade, o que elimina, de certa forma, o processo do pensamento de que nós podemos a estar utilizando constantemente
A LIBERTAÇÃO DO CONTROLE
Uma das energias mais desafiadoras de se liberar, quando se trabalha em desenvolver a presença da intuição, é o controle. Quando nós estamos inconscientes do nosso Ser espiritual, a intuição, e tudo o que é o Plenum Cósmico/Deus/ Criador, nossa mente, emoções e o ego detêm uma quantidade enorme de controle e importância ao criar a realidade na Terra.Com o processo de despertar para a Fonte/ Criador em nosso interior, essa energia e a necessidade de controle, a fim de sentir-se seguros, devem desaparecer para produzir o poder dessa Fonte.Pode parecer como se nós estivéssemos rendendo-nos aos desejos de um amigo, que nós não conhecemos e ainda assim, a Fonte Criadora nos é tão familiar e nos tratará sómente com amor.A transição para o nosso Ser intuitivo é o processo de liberar o controle, perceber que nós não precisamos planejar, governar, manipular ou dominar a nossa realidade o tempo todo. Perceber, que nós não estamos sózinhos, não precisamos lutar, sofrer ou trabalhar árduamente e nos deixarmos guiar pela intuição, seguindo o fluxo.Quando nos rendemos ao amigo interno, que deseja nos orientar, tudo o que nós necessitamos fazer, é escutar e agir com confiança em relação ao que nós recebemos. Não há mais o que nós necessitemos fazer nesta realidade tridimensional; a vida é simples e essa é a verdade; tudo o que nós precisamos fazer é ouvir a nossa intuição e corajosamente decretar que somos guiados por ela em grande parte de nossas vidas. As complicações e confusões são apenas provocadas pelo fato de não se ouvir a intuição, porque nós permitimos que a essência do controle bloqueiem a compreensão da nossa intuição.
Se estivermos dispostos a liberar o controle, que poderia até ser reconhecido como um pensamento limitante, então, nós vamos descobrir o fluxo divino do Criador/Fonte, experimentado e expressando a abundância e a felicidade; na verdade, tudo o que nós precisamos e exigimos.Podemos imaginar como seria bom se cada pessoa na Terra decidisse liberar-se da prática do julgamento, aceitar a presença da sua intuição e desfazer-se do desejo de controlar, de qualquer forma, a si mesmos e aos demais?Então, a paz, a harmonia, a verdade, o amor e o regozijo seriam manifestados na Terra. Os desentendimentos, as guerras, o sofrimento, a dor, o abuso e a carência seriam todos dissipados, porque não seria possível manter essa energias, visto que as ações não se originaram do amor ou da natureza sagrada da intuição, mas do julgamento e do desejo de controlar.Na Terra, nós podemos observar as manifestações de julgamento e de controle entre pessoas e países,  até mesmo nas famílias, mas isso é sómente porque o amor não foi revelado por meio dos Trabalhadores da Luz e está conduzindo o julgamento e o controle para o primeiro plano; Cada um de nós tem de trabalhar em si mesmo e ao seu redor para incentivar todos a observar e liberar essas vibrações que não são mais necessárias.
UMA NOVA VISÃO DE MUNDO E REALIDADE
O Despertar de uma nova Consciência~Por Eckhart Tolle
Os seres humanos são como cebolas, temos camadas que são camadas energéticas emocionais/mentais dentro de nós com o nosso Eu genuíno obscuro, quando crianças e bebês não temos camadas, temos consciência infinita pura e não adulterada, então ficamos cheios de informações ao longo do tempo, isto enche nossa mente e perdemos a consciência da nossa verdade interior e nossa capacidade natural de processamento de energia (processamento emocional) é diminuída ou interrompida completamente e começamos a formar camadas e camadas de ego.Isto está diretamente relacionado ao nosso sistema educacional, como aprendemos a viver e perceber o mundo através dos nossos pais, professores, meios de comunicação e básicamente todo mundo que nós encontramos, simplesmente ao observarmos.Para dissolver as camadas do ego criadas ao longo do tempo, precisamos apenas aprender a viver no silêncio interior em vez de viver na mente.E ao fazê-lo acessamos nossa inteligência inata, a nossa verdade interior e o conhecimento vai começar a vir através de nós diretamente do campo unificado; com a informação vindo através de nós, acontece o inverso: em vez de se formarem camadas, nós irradiamos energia que penetra nessas camadas empurrando-as para a superfície e finalmente dissolvendo-as.Quando aprendermos esta forma, estaremos livres para aprender a partir de fontes externas tais como livros e assim por diante, mas finalmente não precisaremos mais deles, pois seremos capazes de canalizar todas as informações diretamente da Fonte que é o lugar de onde todos os livros, filmes, músicas, obras de arte e ideias vieram originalmente.Essa mudança não vai demorar centenas ou milhares de anos, mas irá ocorrer dentro de algumas gerações.E essa mudança já está em curso dramáticamente desde o século passado, basta olhar para a forma como o mundo mudou, nós já estamos vendo essa evolução ocorrendo agora dentro de todos os indivíduos.A era da informação está ocorrendo agora do lado de fora, mas também dentro de nós mesmos, saímos da era da impressão para sermos capazes de fazer download de informações (livros, filmes) a partir da Internet sem fio em poucas décadas; agora nesta era da informação interna também estamos saindo da era da impressão para sermos capazes de fazer download de informações dentro de nós mesmos a partir da internet galáctica também dentro de poucas décadas.Todos os que estiverem vivos têm o potencial para fazer essa mudança interior, se nós nos comprometermos com uma prática meditativa energética para elevar nossa consciência.Como as camadas energéticas de nosso ego são empurradas para a superfície e dissolvidas através desta prática, nós vamos encontrar não só mais inteligência, poder, imaginação e aprendizado estupendo, como também habilidades criativas dentro de nós, vamos ressoar mais com a própria verdade, então ,iremos nos tornar completamente abertos para o Universo e o Universo estará completamente aberto para nós e assim , seremos UM.
INTERPRETANDO A ENERGIA ATRAVÉS DO SILÊNCIO
A fim de fazer isso, acima de tudo devemos esvaziar nossa mente e nos tornarmos plenamente conscientes do que está acontecendo dentro de nós; isto é feito através da prática do silêncio interior; quando nos fixamos na idéia de aprender á partir de fontes externas de informação, como a única maneira de aprender como todos nós temos feito até certo ponto pelo nosso condicionamento educacional, estamos ignorando a sabedoria e o verdadeiro conhecimento que é inerente a todos nós.Há Sabedoria e Conhecimento inerente a cada um de nós, mas a fim de acessá-las, é preciso desaprender tudo o que aprendemos;devemos nos tornar abertos para que esse conhecimento se torne evidente para nós, não precisamos ler milhares de livros a fim de descobrir esse entendimento, apenas um grupo seleto dos corretos e necessários livros, a fim de fazer essas mudanças necessárias na nossa percepção ao longo do caminho; o que é mais importante, é que incorporemos esses novos entendimentos perceptivos e os exercitemos através do silêncio interior.Quando aprendermos a acessar as informações do campo unificado, estaremos lidando principalmente com energia; tudo tem energia na verdade, tudo é energia e dentro da energia de tudo (dos livros, da música, da arte, de outro ser humano) encontram-se codificadas todas as informações acreditamos que podemos chegar á um ponto em que não precisaremos ler um livro, pois poderemos simplesmente segurar o livro, sentir sua energia e ao senti-la, podemos absorver todas as informações do livro que estão codificadas dentro de sua energia.Assim como as conversas são codificadas pela energia interior para serem transmitidas através do vácuo para as energias do seu celular, o mesmo já acontece com o restante, tudo no universo irradia energia em uma frequência específica e tudo o que há para saber está codificado dentro dessa onda de energia.Com nossa tecnologia, podemos detectar a frequência de objetos no Universo, mas apenas com a nossa consciência é que podemos interpretar e decodificar as informações dentro dessa energia.A energia de tudo é irradiada para o vácuo e está disponível em todos os lugares ao mesmo tempo, para acessar essa energia é necessário sermos sutis através do silêncio interior, para permitirmos que essas impressões fiquem conscientemente à nossa disposição.
Acessando novas informações á partir do Campo Unificado
Não é uma prática de trabalho duro, porque quanto mais difícil nós pensamos que temos de trabalhar para conseguir algo, mais baixo é o nível de consciência que estaremos operando para tentar manifestar esse algo; como podemos ver já estamos fazendo isso o tempo todo, isto é o que os nossos pensamentos fazem;os temos ajustado á nós mesmos como seres vibracionais de uma certa frequência para a nossa percepção e em seguida, os pensamentos que se manifestam dentro de nós á partir da inteligência infinita do Universo, são os pensamentos que estão na mesma frequência que estamos sintonizando.Paraacessar as novas informações a partir do campo unificado sintonize-se com uma frequência superior, esta nova informação vai efetivamente nos dar uma nova experiência de vida, da realidade e também irá nos dar a percepção de acessarmos as informações do campo, porque os pensamentos e ideias que virão até nós vão ser novos, verdadeiramente inspiradores e inteligentes, nos levando a concluir que estamos acessando as informações do campo, mas na realidade estaremos tocando no que já estava disponível dentro nós o tempo todo.Estamos fazendo as mesmas coisas dia após dia e estamos mantendo um fluxo constante de pensamentos que narram a nossa história de vida e da natureza do nosso mundo para nós perpétuamente; o que temos de fazer é quebrar essa narrativa com o silêncio interior e assim que abrirmos essas lacunas, vamos encontrar novas informações que vem através de nós.
Cultive o silêncio interior
Aumentar a nossa vibração e acessar as informações do Campo Unificado, pode ser resumido como uma intenção singular: cultivar o silêncio interior.Não é algo que podemos alcançar, mas sim, é algo que se acumula ao longo do tempo; cada momento gasto no silêncio interior aumenta nossos reservatórios de silêncio interior que nunca são esgotados e que sempre podemos acessar repetidamente; quanto mais tempo passamos no silêncio interior ,mais fácil se torna acessar este estado interior.Neste lugar no silêncio interior, que é realmente a experiência de receptividade definitiva para o Universo, teremos ao longo do tempo nos tornados tão vazios que iremos refletir o Universo em tudo o que fazemos e em tudo o que somos; ao procurar o silêncio interior, estaremos fazendo nós mesmos nos esvaziarmos, por exemplo;nos esvaziamos da mesquinhez, da raiva, da auto importância e das preocupações que definem o nosso ego.E por esvaziarmos nós mesmos de toda a energia inferior, é que nos tornamos disponíveis para a energia superior do Universo, porque nós somos seres vibracionais e quando deixamos de manter energias inferiores em nossos corpos e mentes, tudo o que resta são energias positivas que ressoam com os níveis superiores da energia/informação do Universo;  assim, nós manifestamos em nossas mentes como pensamentos positivos, em nossos corpos como saúde, em nossas vidas como abundância, sucesso e prosperidade.Este é o poder do silêncio interior.
Todas as informações estão disponíveis dentro de você
Uma das mudanças mais importantes na nossa auto-imagem e nas nossas crenças, e que podemos fazer, é começar a nos vermos como seres vibracionais e o entendimento de que não somos recipientes para o conhecimento, mas somos o próprio conhecimento.O universo é definido por um colapso até a singularidade, portanto tudo no Universo é parte dessa curvatura infinita, (Dinâmica do Buraco Negro) então, como tal, tudo é UM e porque nós somos extensões energéticas deste campo, estamos literalmente em tudo e temos acesso á todas as informações do Universo através de nós mesmos.Tudo o que sabemos não está armazenado em nosso cérebro, mas dentro da nossa mente que não é local, portanto não está dentro de nós e se continuarmos com a suposição de que a única maneira para se aprender alguma coisa é uma fonte externa (um livro, um filme, um palestrante) estamos negando a natureza mais fundamental de nós mesmos e do Universo.O Universo é energia e tudo o que nós aprendemos é gravado no Universo de nossas mentes como energia pura; quando nos lembramos de algo, tudo o que estamos fazendo é nos sintonizar nesta energia, em seguida ela aparece em nossas mentes; portanto, podemos nos sintonizar espiritualmente com novas energias através do silêncio interior e simplesmente nos tornando disponíveis para o Universo, podemos nos sintonizar com todos os pensamentos, idéias e conhecimentos que existem no Universo.O princípio fundamental é o alinhamento, isto é, o que  estamos fazendo quando nos sentamos em silêncio na meditação, estamos em alinhamento com o Universo; se pudéssemos treinar para nos sentarmos calmamente a cada dia e nos abstermos das distrações da televisão, de filmes, da sociedade em geral e até mesmo da maioria das nossas interações com outras pessoas pelo menos por um tempo, o alinhamento acontecerá naturalmente com nós mesmos e o Universo.E o resultado final deste processo, é que vamos limpar toda essa perturbação dentro do nosso campo da mente dissolvendo as camadas do nosso ego, e vamos canalizar a informação, o conhecimento e a auto expressão criativa ,que é exclusiva para nós como uma expressão individual do Universo ; Vamos chamar isso de “Ser nós mesmos”.
A NUTRIÇÃO QUÂNTICA- A Alimentação do futuro
Hipócrates, nascido em 460 a.C., já dizia: “Se pudermos dar a cada indivíduo a quantidade exacta de nutrientes e de exercício, que não seja insuficiente, nem excessiva, teremos encontrado o caminho mais seguro para a saúde”. O mesmo filósofo disse ainda:“Que o alimento seja o seu medicamento e que o medicamento seja o seu alimento”.Na medicina chinesa e na filosofia, saúde é o resultado do equilíbrio entre yin e yang, as duas forças complementares e antagônicas que constroem todos os aspectos e fenômenos da vida.Yin é terra, feminino, escuro, molhado, frio, absorvente e energia passiva. Yang é céu, masculino, claro, seco, quente, ativo e energia penetrante. Juntos eles expressam a interdependência dos opostos.O equilíbrio entre yin e yang no corpo e no meio ambiente é essencial para a saúde, e o alimento que comemos tem uma grande influência nesse equilíbrio. Então, quando selecionamos e preparamos nossos alimentos, devemos considerar suas propriedades yin e yang.No geral, frutas e vegetais são mais yin comparados à carne(que devemos abolir da alimentação e principalmente nesta época da Transição Planetária, afim de receber as energias mais limpas) e aos laticínios, os quais são mais yang. Mas a maneira de cozinhar também afeta o equilíbrio entre yin e yang.A melhor dieta leva em consideração nossas necessidades individuais, incluindo nossa constituição básica — hábitos e tendências ao longo da vida — nossa saúde física, mental e emocional atual, a estação do ano no momento e a próxima.
A Nutrição Macrobiótica-uma boa opção de saúde e energia
O professor japonês George Ohsawa curou-se das chamadas enfermidades “incuráveis” aos 18 anos, usando uma simples dieta de arroz, sopa de missô e vegetais marinhos. Esses alimentos estão relacionados ao espectro do Yin e Yang. Logo dedicou sua vida ao que chamou de macrobiótica.A macrobiótica é a prática da compreensão do efeito que os alimentos e o estilo de vida têm sobre a saúde, levando em consideração seu estado de saúde individual e a fisiologia em relação ao meio geográfico, bem como as mudanças estacionais e climáticas.A forma de vida macrobiótica incentiva o consumo de alimentos que são cultivados localmente em suas respectivas estações, e evitar alimentos considerados excessivamente Yin ou excessivamente Yang. Ohsawa disse que a dieta moderna com excesso de sal e açúcar refinado, laticínios, alimentos processados e carnes, alteram o Yin e Yang do nosso organismo, gerando um processo que pode gerar enfermidades.O corpo está sempre buscando equilíbrio, mas se você consome um alimento extremamente Yang, como a carne ou batatas fritas salgadas( que devem ser evitados e preferencialmente suprimidos da dieta), seu corpo irá sentir desejo de um alimento extremamente Yin, como o açúcar ou frutas tropicais. Os extremos afetam não sómente a saúde física, mas também a saúde mental e comportamental.
Assim, concluímos que desde a antiguidade, a alimentação correta e equilibrada é considerada essencial para se alcançar a saúde e principalmente para prevenir e ajudar na cura de diversas doenças.A ciência tem continuado a acumular evidências de que, o nosso corpo além de energia precisa também de nutrientes adicionais. Denominados “elementos vitais”, estão presentes naturalmente nos alimentos e são os responsáveis pela garantia de saúde: vitaminas, enzimas, oligoelementos, fibras, ácidos, óleos essenciais e aromáticos. Este conhecimento permite afirmar que a saúde e a longevidade estão relacionadas com os hábitos alimentares e de vida.Para quem deseja começar a cuidar mais da alimentação neesta Transição Planetária, onde os nossos corpos estão mudando a estrutura e se “refazendo” em outros níveis energéticos, é fundamental saber que cada alimento fornece um pouco, mas não todos os nutrientes que um indivíduo necessita, ou seja, possuem propriedades e funções diferentes. O essencial é incluir diáriamente na dieta todos os grupos alimentares. Quanto mais variada e colorida forem as refeições, maior será o fornecimento de diferentes grupos de nutrientes.Além de “elementos vitais”, a nossa cultura ocidental ignora o fato, do alimento também fornecer a “energia vital” e do seu potencial energético/eletromagnético. Os indianos e chineses selecionam os alimentos por outras razões a que igualmente atribuem poderes curativos.Lembremos que o alimento é também medicamento, por isso é preciso respeitar as diferenças genéticas, de estilo de vida e a presença de patologias, para se identificar a necessidade de fornecer ou privar determinado alimento.Nutrição é uma oportunidade divina de cuidarmos de nosso maior património: a saúde; Os alimentos são verdadeiros milagres, revelados numa folha, num fruto, numa castanha, num punhado de terrA. Trata-se de uma lei natural, vamos juntos aprender como deixá-la cada vez melhor!
Geralmente, pessoas adotam dietas veganas/macrobióticas por três principais razões; Saúde, meio ambiente e direitos dos animais. Entretanto, ao analisarmos o assunto, vemos que existem pelo menos mais umas dezenas de razões benéficas para adotarmos uma dieta sem crueldade, natural e o mais pura possível. Aprenderemos sobre algumas das mais importantes abaixo:
  • Término da fome mundial: de acordo com o ativista Gary Yourofuski, 65% (33) dos grãos produzidos em todo mundo, são destinados a engordar os animais que escravizamos para o abate. É sabido que, apenas com a diminuição no consumo de carne, já conseguiríamos acabar com a fome no mundo.
  • Melhor aparência física: Dietas veganas, caso não sejam baseadas em junk-food, são menos calóricas e com menor teor de gordura e, por isso, veganos aparentam serem mais jovens e são mais magros do que suas contrapartes onívoras. Produtos animais em geral são ligados a obesidade. Dietas ricas em gordura causam problemas na pele, por falta de oxigenação, assim ficando ressecada, envelhecendo muito mais rápido e causando celulites e outras complicações.
  • Mais fácil perda e manutenção do peso: De acordo com um estudo conduzido pelo renomado cardiologista Dr. Ornish, pessoas com sobrepeso que adotavam uma dieta quase vegana, hipo-lipídica, perdiam uma media de 11 quilos no primeiro ano e mantinham essa perda cinco anos depois. E a melhor parte, fizeram isso comendo mais comida que antes, sem contar calorias e sem sentir fome .
  • Melhor funcionamento cognitivo até idades avançadas: O consumo de grandes quantidades de fitonutrientes, antioxidantes são correlacionados a uma menor propensão a doenças degenerativas mentais, enquanto o consumo de uma dieta rica em gordura saturada (produtos animais) é ligado ao alzeihmer, demência e senilidade precoce .
  • Menores índices de doenças crônicas e agudas: dietas vegetarianas são ricas em antioxidantes, vitaminas, minerais, fitonutrientes e baixíssimas em gordura saturada e nulas em colesterol. Por isso, vegetarianos apresentam menores índices de diversos tipos de câncer, doenças coronárias, diabetes, osteoporose, alergia (o leite e seus derivados são altamente ligados a elas), constipação (produtos animais não contém fibra, um nutriente essencial para o bom funcionamento do intestino, para controlar o açúcar sanguíneo e diminuir o colesterol) etc. O estudo de Oxford, que estudou 6 mil vegetarianos e 5 mil não vegetarianos, durante 12 anos, mostrou que os vegetarianos morriam ou sofriam quase 50% menos dessas DCDs (doenças crônico degenerativas) e ainda tinham bem menos casos de apendicectomia (remoção do apêndice).
Menores fatores de risco: Veganos com saudáveis dietas hipo-lipídicas possuem menores níveis de triglicerídeos, insulina em jejum , colesterol total e ruim , homocisteína, pressão sanguínea, hemoglobina glicada (a1c), antígeno prostático específico (PSA), hormônios ligados à promoção do câncer como IGF-1 (10), testosterona, estrogênio, insulina, proteína-C reativa ultra sensível (hsCRP, o qual é um  marcador (indicador) de inflamação). Pessoas com altos níveis de hsCRP apresentam maior risco de desenvolver doenças cardiovasculares como infarto e AVC) entre outros. Estes são todos chamados de biomarcardores séricos. São substâncias em nosso organismo que podemos medir em laboratórios, através de análise sanguínea e que indicam a propensão para diversas doenças. Altos níveis destas substâncias no organismo são relacionadas as principais doenças crônicas degenerativas.
    • Melhorar seu sistema imune: Sabemos já desde 1989, por uma pesquisa conduzida pelo “Centro de pesquisas alemão do Câncer” que embora vegetarianos tenham o mesmo número de células brancas (as que combatem doenças) comparados a onívoros, as dos vegetarianos é duas vezes mais efetiva em destruir seus alvos. Ou seja, não só células cancerígenas, mas virus também. (1000000)
    • Diminuir drásticamente ou cortar sua necessidade por remédios: Pessoas que adotam uma dieta vegana, largam sua necessidade ou diminuem seu uso de insulina, remédios para colesterol, pressão, asma (12, 13 e 14). Um exemplo são os fitoesteróis encontrados apenas nos alimentos das plantas, os quais reduzem o nível de colesterol sérico sem os usuais efeitos colaterais das drogas farmacêuticas.
    • Diminuir ou cortar sua ingestão de: Diversas bactérias patogênicas, como E.coli, pfiesteria e salmonella, encontradas na carne, principalmente em hambúrgueres, causam inúmeras complicações de saúde e até mesmo diversas mortes em crianças americanas. De acordo com o site do FDA (Administração Federal de alimentos e medicamentos Americano): “Apesar de poder ocorrer com todo tipo de alimento, os mais ricos em proteína, como carne, frangos, peixe e frutos do mar são os mais frequentemente envolvidos com doenças provenientes de intoxicação alimentar” . E por incrível pareça, a ingestão de agrotóxicos também é considerávelmente menor em uma dieta vegana, mesmo que não orgânica, devido à concentração biológica destes químicos nos tecidos dos animais.
  • Fonte; Susan Krieger, L.Ac., M.S., é especialista em acupuntura e acupressão com mais de 30 anos de experiência. Ela leciona internacionalmente, especializada em nutrição holística, saúde e acupuntura para dor aguda e crônica . Seu website ésusankriegerhealth.com
  • *************************************************************************************************************
  • CONCLUSÃO E NOTA DO BLOG
  • A Transição Planetária é uma mudança na frequência de luz do planeta. Essa mudança permite a amplificação da percepção – já que o sofrimento é devido a um encurtamento da percepção. O véu da ilusão, que gera dominação através do medo e da dor, mantém-se devido a esse encurtamento da percepção.Nessa atual era, existe uma limitação dessa capacidade de ver. O Ser se acredita separado, dominado através da dor e do medo, e a partir dessa imaginação, ele cria disputas, competições e todo o tipo de guerra. Na raiz dessa ilusão está o medo da escassez e uma falta de confiança em simesmo.Então, a amplificação da percepção permite que os véus sejam rasgados. E assim, nós começaremos a ter uma visão mais ampliada da realidade espiritual. Isso já está acontecendo, e muitos de nós já estamos tendo acesso á essa nova percepção. Alguns já estão podendo usufruir da alegria, da satisfação e do conforto que é ter essa percepção ampliada. Outros, ainda estão sofrendo muito, devido ao apego aos condicionamentos mentais.Uma das características desse período de aprofundamento é a desconstrução das paredes, que muitas vezes acreditamos ser a nossa casa. Isso pode gerar desespero para alguns. Alguns poderão perder a razão, porque essa desconstrução está intensamente acelerada. E, estando muito apegado, nós poderemos experimentar momentos de emergência espiritual. Depois de um tempo,nós perceberemos que o que caiu, eram muros de uma prisão.Eram justamente esses muros que estavam impedindo que nós experienciássemos a liberdade. Essa desconstrução do falso, não é algo tão simples, porque é, metafóricamente, como se uma grande correnteza estivesse levando embora diques, paredes de contenção. Por isso, muitas idéias sobre nós mesmos, muitas fantasias, estão sendo simplesmente levadas embora. Isso é maravilhoso, mas para quem está vivendo essa experiência, pode ser muito difícil. É por isso que podemos dizer, que alguns entrarão em emergência espiritual, ou seja, estados de loucura, estados de surto. O que amplifica esse estado é que, juntamente com a desconstrução do falso, há uma alteração da consciência. Como a percepção está ampliando muito, nós começamos a ter a possibilidade de perceber aspectos da realidade espiritual que estão além do ego e damente.Outra analogia como  exemplo,é que é quase como se alguém tivesse colocado uma droga dentro da água que  bebemos e  não sabemos. Os sentidos começam a interpretar aquilo que entendemos como realidade de uma forma diferente. Aqueles que já têm habilidade de lidar com estados modificados de consciência, devido a práticas holísticas variadas(xamânicas, pranayamas,Reiki,EFT ), terão mais facilidade de lidar com isso, porque não se assustam tanto. Mas, aqueles que não tiveram essa chance, poderão se assustar com essa alteração da consciência.Cada um de nós está trabalhando para isso. Que possamos ser bem sucedidos e que possamos ser realmente canais do amor e da luz. E que, com isso, possamos irradiar esse amor e essa luz para todo o nosso entorno.
  • EQUIPE DA “LUZ É INVENCÍVEL”
  • ***********************************************************************************************************
  • Eu vi passar a procissão dos homens iguais…Todos massificados no mesmo caminho, defendendo desgastadas crenças ou gritando pseudo-rebeliões extremistas, repetindo ideologias ocas mas aliciantes, mantendo as mesmas aspirações, lutando pelas mesmas confortadoras ilusões.Serão sempre indigentes da Verdade, aqueles que procuram compensar a escassez de Ser com a exorbitância do Ter.-Hermógenesin “Mergulho na Paz”
  • **************************************************************************************************************
  • Bibliografia para consulta
    1-O despertar de uma nova consciência
    Eckhart Tolle
    2-Momento de despertar
    Shakti Gawain
    3-Psicologia da Alma
    Dr Joshua David Stone
    4-Um Curso em Milagres
    Foundation for de Inner Peace
    5-Ascenção Cósmica-roteiro para os reinos desconhecidos da luz
    Dr Joshua David Stone
    6-Sua missão ascencional-O seu papel no Plano Maior
    Dr Joshua David Stone
    7-Ascenção Cósmica
    James Tyberonn
    8- O processo da Iluminação Espiritual
    Judith Blackstone
    9-Alimentação Macrobiótica
     Dr Márcio Bontempo
    10-Alimentação Vegetariana
     De Rose
    11-Manuscritos -acervo pessoal

    Nota; Alguns livros estão disponíveis em nossa Biblioteca Virtual

    Divulgação: A Luz é Invencível
    A “Luz é Invencível” tem por norma não publicar links que não estejam ligados ao texto postado.Pedimos a compreensão de todos, e para qualquer dúvida, temos nossa caixa de sugestões onde todos podem livremente fazer suas colocações que serão arquivadas para consultas posteriores.
    Nós agradecemos a compreensão de voces.
    Equipe da “Luz é Invencível”